Boa noite!

O povo


O Consumismo é Egoísta

Em 1986, estudei administração e entendi como funciona a economia de mercados (o nome "light" do capitalismo). No decorrer dos meus trabalhos aprendi mais. E continuo aprendendo. Durante a pesquisa de hábito de leitura, por semanas e meses seguidos tudo foi dentro do esperado, até a primeira pessoa me perguntar: "a pesquisa é para vender livros?" Lembrei-me então que anos atrás uma editora usou pesquisa semelhante como estratégia para vender livros. Bom, em primeiro lugar eu não sou editora, sou o próprio escritor. Em segundo, a pesquisa não é estratégia, é utilidade pública para estudiosos do assunto, pois ela está disponível na internet (a pesquisa da tal editora que fim levou?); e em terceiro, a venda dos livros é uma consequência do contato entre o escritor e o povo, desde que haja interesse da pessoa. Diferente dos pesquisadores da editora, já preparados para usar as técnicas de venda. Eu uso divulgação espontânea. Mas o foco aqui não é minhas vendas, e sim a conclusão que tirei desse fato. O povo gosta de comprar, é consumista por excelência, em todas as classes sociais. Basta ver o movimento nos shoppings, nos centros das cidades, nas feiras e nos camelôs. Mas ninguém quer um vendedor batendo na porta de sua casa! Dá para entender? As pessoas querem comprar quando estão com vontade. Isso vale para o vendedor. O vendedor deve estar no horário e no lugar que elas querem comprar, e de preferência vendendo o que a maioria gosta. É verdade que em casa as pessoas querem muitas vezes descansar depois de um dia de trabalho, e seria um "inferno" se todos resolvessem bater nas casas para vender roupas, comidas, brinquedos, etc.

Porém, se analisarmos profundamente a relação comprador x vendedor, descobriremos que prevalece a vontade do ego. Fale para alguém: "ele é vendedor". A pessoa sai correndo. Sai correndo para não ser abordada. Mas desde que ela, por vontade própria, saia de casa para percorrer as lojas de um shopping, se ela entrar numa loja que INTERESSOU, ela vai querer ser atendida por um vendedor. E bem atendida! Ela, que exige ser bem atendida porque está interessada em comprar, não atende bem um vendedor quando ELE quer e precisa vender. Essa relação desequilibrada é consequência do que podemos chamar de EGOÍSMO CONSUMISTA. Façamos uma reflexão sobre isso.

Parceiros













Eu Apoio


Juliano Gaitero


Sebo O Barato da Cultura


Aloysio Roberto Letra
Escritor e Roteirista


Rock Nacional
e Internacional



Soul, Funk, Samba
Rock e Derivados


Em Defesa do Meio
Ambiente e Cidadania