Boa noite!

Untitled Document
previsões 2012

Na década de 90, as expectativas eram pela chegada do ano 2000. Muita profecia foi feita, no entanto as transformações no mundo seguem a marcha no mesmo ritmo, ignorando "datas". Agora para 2012 algo semelhante ocorre. Até livros estão sendo lançados sobre a nova data. Seria a revelação do tal "avatar?" O temido cataclismo? Ou a transformação radical anunciada pelos seguidores da "Nova Era?"

Perda de tempo apostar nisso ou naquilo. As transformações vêm ocorrendo no mesmo ritmo. O que pode acontecer a qualquer momento é algum fenômeno ambiental ou uma situação delicada no quadro político mundial. A sociedade tem abusado nos dois. A consciência ambiental atinge poucas pessoas no mundo. Existem muitos "fãs", defensores virtuais, que assinam embaixo "sou defensor ambiental" simplesmente para ganhar voto ou ponto positivo. Na prática, nada faz. Na área política, o neoliberalismo disfarçado de democracia cresce puxado pelos corruptos e oportunistas de plantão. Resultado disso tudo: mudança climática brusca será muito mais rápida do que os cientistas prevêem, e na esfera política uma quebra violenta no mercado financeiro rodeia as nações. Quem estiver vivo nas próximas décadas, verá.

2012 é apenas uma data que pode estar associada a algum sinal mais forte do que irá ocorrer a médio ou longo prazo. Aposto mais numa reviravolta política, pois o confronto de gerações e o choque entre classes sociais estão nas alturas. A nova geração não aceita ficar fora do gozo tecnológico. A ciência evoluiu de tal forma que todo homem deste novo século quer desfrutar bens e direitos. Os que estão nascendo agora não aceitam situação de miséria nem de pobreza. "Ou o sol nascerá para todos ou não nascerá para ninguém". É a geração do confronto, disposta a fazer justiça com as próprias mãos se os governos não criarem mecanismos de diminuir as diferenças sociais. A junção dos problemas relacionados às mudanças climáticas (chuvas torrenciais, enchentes, furacões e secas severas) mais a omissão política, a classe política totalmente despreparada para essa nova realidade, favorece plenamente um acontecimento social de grandes proporções, que deixará marcado o ano de 2012. Porém se algum fator externo de ordem interplanetária ocorrer, como muitos esperam, podem crer que estarei preparado. Nada me assusta. Por tudo que passei em minha vida, nada me assusta. Nem a morte. Estou preparado para o que der e vier. E de uma coisa tenho certeza: justiça virá. Se será em 2012 não importa. Não me importo com datas. Tenho convicção de que cada um que prejudicou o mundo em termos ambientais, e prejudicou o próximo, pagará caro. Não escapará de forma alguma.



Parceiros













Eu Apoio


Juliano Gaitero


Sebo O Barato da Cultura


Aloysio Roberto Letra
Escritor e Roteirista


Rock Nacional
e Internacional



Soul, Funk, Samba
Rock e Derivados


Em Defesa do Meio
Ambiente e Cidadania