Boa noite!

Nova página 0


O Escritor em Linha Direta com a Periferia

     Raros escritores nascidos em berço de classe média realizam trabalho fora de seu círculo social, pouquíssimos entram em escolas públicas para conversar com alunos, fazer palestras e demais atividades. No geral, escritores sempre passaram longe de bairros periféricos, favelas, núcleos de submoradias e conjuntos habitacionais populares. Lançamentos de livros normalmente vemos nos locais mais badalados da cidade, com portas abertas para a elite.
     Quando lancei meu primeiro livro, quebrei esse paradigma. Subi o morro, fui a todas as regiões periféricas de minha cidade. Por isso, sou escritor de todas as camadas sociais, não trago rótulos. Entro e saio muito bem de todos os lugares. Mas costumo dizer que prefiro a periferia aos bairros nobres. Os bairros nobres são belíssimos, com toda a infraestrutura necessária, áreas verdes...mas são mortos. Não se vê crianças brincando nos jardins porque os pais têm medo do contato com estranhos. Temem pela segurança. Você não pode parar num bairro nobre para apreciar a beleza de uma praça, um jardim, porque o segurança de moto irá te abordar para saber o que você está fazendo ali. Em resumo: a beleza é ofuscada por uma situação ridícula provocada pelo próprio sistema de vida das classes média e alta. Moram em paraísos que eles mesmos não podem desfrutar! Já do outro lado, você tem toda a liberdade de circular e fazer amizades.

     A criação desta seção não possui caráter “separatista”, é para facilitar a visualização dos temas preferidos. Da mesma forma que criei seções específicas para autoajuda e meio ambiente, a seção periferia trará artigos, cidadania, diálogo aberto com um público que, em muitos casos, não é familiarizado em navegar por sites de escritores. Os artigos estão ao alcance desse público, que como citei acima, raramente teve o privilégio de participar de seção de autógrafos com escritores renomados, e nunca receberam a visita de um escritor na porta de casa. A pesquisa sobre hábito de leitura é um trabalho ousado que realizo e me coloca em contato com essa parcela da população, excluída pela sociedade.

 

Preconceito que Resiste

Vida de Bar e Baladas

As Velhas Raposas de Olho na Periferia

Parceiros













Eu Apoio


Juliano Gaitero


Sebo O Barato da Cultura


Aloysio Roberto Letra
Escritor e Roteirista


Rock Nacional
e Internacional



Soul, Funk, Samba
Rock e Derivados


Em Defesa do Meio
Ambiente e Cidadania