Bom dia!

HÁBITO DE ROER AS UNHAS

HÁBITO DE ROER AS UNHAS

 

    

    O hábito de roer as unhas chama-se “onicofagia”, que inclui também o hábito de sugar os dedos. Roer as unhas normalmente é associado à fadiga, estresse, frustração, ansiedade ou aborrecimento, e a sucção do polegar pode indicar algum conflito emocional. Por estarem associados à uma causa psíquica, não é recomendado que os pais repreendam a criança, e sim que busquem antes um médico ou especialista. Melhor ainda se os pais procurarem identificar a causa do problema analisando o ambiente em que a criança está, a relação familiar, com os amiguinhos de escola. Se a correção não vier logo, o (mau) hábito se estenderá pela adolescência, juventude e vida adulta. Se os pais possuem o hábito de roer as unhas, como poderão corrigir as crianças se vierem imitar?

     “Manter as unhas curtas” é uma desculpa esfarrapada que já ouvi de vários colegas. Homem usar cortador de unhas não é “boiolice”, é questão de higiene. As unhas das mãos, por estarem expostas o tempo todo, acumulam bactérias, que vão se instalar na boca e até mesmo no estômago a cada seção de onicofagia. Com o tempo, o hábito provoca danos na matriz da unha além de comprometer a estética. Finalmente, os dentes também sofrerão com a estética no decorrer dos anos, pois o hábito afeta o posicionamento.

     Livrar-se desse mau hábito depende da conscientização e da força de vontade da parte do adulto. Após ler estas linhas, você já foi conscientizado. Agora depende da sua força de vontade. Vença este pequeno obstáculo que com certeza você estará preparado para vencer outros maiores.

Parceiros













Eu Apoio


Juliano Gaitero


Sebo O Barato da Cultura


Aloysio Roberto Letra
Escritor e Roteirista


Rock Nacional
e Internacional



Soul, Funk, Samba
Rock e Derivados


Em Defesa do Meio
Ambiente e Cidadania